Documentos do programa

Conceito CAPES

O processo de avaliação trienal dos Programas de Pós-graduação stricto sensu requer, por parte do avaliador, comprometimento, independência, integridade e responsabilidade, além de importante doação de seu tempo, visando, sobretudo, à evolução das atividades da pós-graduação em nosso País.

Trata-se de ação singular em que, com total imparcialidade, se participa de um comitê, composto por  pesquisadores das diversas especialidades, oriundos de diversas instituições e estados brasileiros, e  que culmina em uma classificação dos Programas de Pós-graduação, com validade para os três anos seguintes.

 

Período Conceito Portaria Data D.O.U. Relatório de Avaliação
2013/2014/2015/2016 6  –  – Medicina III 2017
2010/2011/2012 7  –  – Medicina III 2013
2007/2008/2009 7 MEC 1.077/2012, 31/08/2012 13/09/2012 Medicina III 2010
2004/2005/2006 7 MEC 524/2008, 29/04/2008 30/04/2008 Medicina III 2007
2001/2002/2003 5 MEC 2.878/2005, 24/08/2005 26/08/2005 Medicina III 2004
1998/1999/2000 4 MEC 2.530/2002, 04/09/2002 06/09/2002 Medicina III 2001
1996/1997 6 MEC 132/1999, 02/02/1999 03/02/1999
1994/1995 A MEC 490/1997, 27/03/1997 31/03/1997
1992/1993 A MEC 1.461/1995, 29/11/1995 11/12/1995
1990/1991 A  –  –  –

 


As informações preenchidas anualmente pelos programas e enviadas a Capes por meio do Coleta de Dados são tratadas e permitem a emissão dos Cadernos de Indicadores, que são os relatórios utilizados no processo de avaliação. Área Medicina III
Para acesso, clique aqui: Cadernos de indicadores – Área Medicina III 

Para melhorar sua experiência de navegação, utilizamos cookies e outras tecnologias semelhantes. Ao continuar, você concorda com a nossa política de privacidade.