O Centro de Estudos

O serviço de Oftalmologia da Escola Paulista de Medicina iniciou seus trabalhos assistenciais e de pesquisas em 1937, mesmo antes da primeira turma desta Escola, fundada em 1933, atingir a sexta série. Seu primeiro catedrático foi o Prof. Moacyr E. Alvaro, que em 1942 fundou o Centro de Estudos em Oftalmologia que leva o seu nome na atualidade. Em 1945 instituiu os primeiros cursos de especialização em oftalmologia e em 1947 o primeiro Curso de Ortóptica no Brasil. Permaneceu como professor até 1957 quando prematuramente veio a falecer.

Prof. Moacyr E. Álvaro

Prof. Moacyr E. Alvaro

Seu substituto na Disciplina de Oftalmologia foi o Prof. Dr. Renato de Toledo o qual cuidou da estruturação em Seções Especializadas por onde os residentes e pós-graduandos pudessem estagiar. O quadro de professores da Disciplina na época era composto por Renato de Toledo como titular, Rubens Belfort Mattos, José Belmiro de Castro Moreira, Paulo Bei, Milton Correa Meyer como adjuntos, José Carlos Reys e Ricardo Uras como assistentes, Rubens Belfort Jr. como auxiliar de ensino e Ernesto Consoni como colaborador, além das ortoptistas Alexina Ferreira, Dalel Haddad, Maria Cecília Lapa da Silva, Doris Blay e Sueli Muller.

A Disciplina sempre contou com a colaboração de profissionais voluntários e destacamos aqui o saudoso Prof. José Carlos Gouvêa Pacheco, responsável pelo estágio em oncologia ocular, uma vez que era Chefe da Clínica Oftalmológica do Hospital A. C. Camargo da Fundação Antonio Prudente. Outros professores contribuíram grandemente na formação do nosso hoje Departamento de Oftalmologia: Alexandre Tena Almada, Hamleto Emílio Molinari, José Ricardo Carvalho de Lima Rehder, e Mariza Toledo de Abreu.